20 de setembro de 2010

FILHA DA DOR, MÃE DE AMOR

NOVO LIVRO

O nosso amigo e colaborador do Site oficial da Beata Alexandrina, o Prof. José Ferreira teve a boa ideia de querer traduzir para português o excelente livro: “Filha da dor, mãe de amor”, “esboço de uma biografia da serva de Deus Alexandrina Maria da Costa, feito com excertos dos seus escritos, seleccionados pelo casal Chiaffredo e Eugénia Signorile.”

Em carta endereçada ao seu primeiro Director espiritual, o sacerdote jesuíta, Mariano Pinho, a Beata Alexandrina escrevia em 19 de Dezembro de 1939:

“Quero ser filha da dor e mãe de amor: filha da dor, para não deixar de sofrer enquanto viver sobre a Terra: mãe de amor, para amar e fazer amar sobre a Terra e no Céu. […]

Ó amor, ó amor, que tudo vences!”

O tão amado Padre Luigi Fiora, que foi postulador da causa da Beata Alexandrina e que agora está junto dela na mansão celeste, escreveu o seguinte a respeito deste livro e do seu conteúdo:

«Vibrantes e sublimes expressões de vida mística e simplicidade cativante de “infância espiritual” recolhem já em redor do nome de Alexandrina da Costa numerosíssimos devotos de todos os países do mundo. A sua mensagem é arrojada: fazermo-nos vítimas crucificadas em união com Jesus crucificado para a salvação dos homens. Mas a humildade alegre com que ela viveu a sua missão torna-a aceitável e exaltante. É uma sinfonia de amor que faz sentir a bondade de Deus para connosco e dá um sentido que eleva para Deus a nossa vida.

O segredo desta lição de Alexandrina tornou-se para nós devoto e atento objecto das reflexões dos professores Eugénia e Chiaffredo Signorile, que apresentam agora neste volume o resultado do seu estudo.

É uma obra preciosa, divida em duas partes: a primeira, uma recon¬strução biográfica feita com louvável precisão histórica, e, depois, uma sucessão de flashes, tirados dos escritos da Serva de Deus, sobre a sua espiritualidade. O enquadramento das vivências exteriores da Serva de Deus vem assim animado pela riqueza da sua vida interior e nós podemos descobrir a complexidade, a grandeza e a actualidade da sua missão.»

Ao dar aqui esta boa notícia, congratulamo-nos com todos aqueles que se interessam à causa da Beata Alexandrina e agradecemos ao Professor José Ferreira a sua excelente iniciativa, que uma vez mais prova o amor e o carinho que ele dedica à nossa querida Beata.

A introdução e os dois primeiros capítulos podem desde já ler-se aqui:

Sem comentários: