21 de julho de 2016

ANDA ENTRISTECER-TE COMIGO

Quero que se acenda esta devoção aos Sacrários…


Nosso Senhor não cessa de me pedir todas as coisas que já lhe tenho dito. Convida-me muito para os Sacrários :
— Anda, minha filha, entristecer-te comigo, participar da minha prisão de amor, e reparar tanto abandono e esquecimento. Manda dizer ao teu pai espiritual que quero que seja pregada e propagada a devoção aos sacrários, muito mas muito que quero que acenda nas almas a devoção para com esta prisão de amor e que não ficou.

Ele não está lá só por amor dos que O amam, mas sim por todos ; e que em todos os trabalhos o podem consolar. Disse-me também Nosso Senhor que não lhe recusasse nenhuns sofrimentos, nem sacrifícios pelos pecadores ; que estava prestes a cair a justiça de Deus sobre eles eternamente, e eu que ainda lhes podia acudir (C. 14-09-1934).

Sem comentários: